sexta-feira, 14 de dezembro de 2012

"Dor de Burro" - O que é, como prevenir e tratar

Já toda a gente deve ter sentido, pelo menos uma vez na vida, aquela sensação muitas vezes chamada de "dor de burro".


Hoje escrevo este post com algumas teorias sobre esta dor incomodativa mas quase sempre inofensiva e fácil de "curar".

Chamamos "dor de burro" àquela sensação de picada na zona imediatamente abaixo da caixa toráxica, muitas vezes de lado, que surge enquanto se faz exercício. Se a dor surge apenas durante o exercício e nunca durante o descanso, então é benigna e não há motivos para preocupações.

Causas possíveis

Existem várias teorias sobre a razão por detrás do aparecimento da chamada "dor de burro":
  1. A contracção do fígado ou baço, o que conduz a um aumento extra de células vermelhas que transportam oxigénio no sangue, as hemácias, ou glóbulos vermelhos. Apesar de não parecer haver grande massa muscular na cápsula do baço, o tamanho deste varia com a pratica de exercício físico. Esta "transfusão automática" aumenta a capacidade física para fazer exercício mas a dor associada pode ser elevada, aliviada apenas com descanso. A dor pode ser causada pela elevada pressão interna no baço ou fígado, causando uma restrição no fluxo sanguíneo e consequente hipóxia;
  2. Falta de fluxo sanguíneo no diafragma;
  3. Desequilíbrios na zona da coluna localizada junto à caixa torácica;
  4. Irritação da camada parietal do peritoneu (membrana serosa que cobre as paredes abdominais e a parte inferior do diafragma).
Apesar da grande maioria de teorias estar relacionada com a contracção do fígado e/ou do baço, esta poderá não ser a razão principal, uma vez que esta dor surge também durante actividades como a natação, onde os movimentos verticais de contracção destes orgãos são mínimos.

A maior parte das vezes, a "dor de burro" ocorre do lado direito do corpo. Isto pode dever-se ao facto do fígado, o maior orgão da zona abdominal, se encontrar desse lado.

Prevenção

  1. Beber muitos fluídos, uma vez que a desidratação poderá ser uma das causas possíveis para a "dor de burro";
  2. Melhorar a sua condição física. Quando o corpo não está preparado para fazer determinado exercício, existe uma probabilidade maior de vir a sentir a chamada "dor de burro";
  3. Melhorar a condição física dos músculos da zona abdominal;
  4. Limitar o consumo de comida e bebida, 2 a 3 horas antes de fazer exercício;
  5. Fazer um aquecimento apropriado;
  6. Ir aumentando a intensidade do exercício gradualmente;
  7. Respirar convenientemente.

Tratamento

  1. Se a "dor de burro" se fizer sentir do lado direito, um dos conselhos dados poderá passar por expirar quando o pé esquerdo entrar em contacto com o solo, durante a corrida;
  2. Reduzir o ritmo do exercício até a dor desaparecer;
  3. Massajar a área ou parar e dobrar-se para a frente, de modo a alongar o diafragma;
  4. Experimente também elevar o braço para cima e inclinar-se para a esquerda. Repita para o outro lado também.
Independentemente da causa, quase de certeza que já tiveram a oportunidade de sentir esta "dor de burro". No entanto, não há motivos para alarme, uma vez que poderá simplesmente significar que está a respirar incorrectamente ou que está a um ritmo demasiado elevado para a sua forma física actual.

Se sentir esta "dor" não desista do exercício. Reduza o ritmo, melhore a sua respiração e volte à acção. Com o passar do tempo, e a melhoria da sua forma física, verá que a "dor" tenderá a ser menos frequente.

Diet & Exercise

4 comentários:

  1. Realmente desde que comecei a fazer um treino mais intensivo, e nomeadamente a melhorar a condição física através da tonificação muscular... Estou a pensar e não me lembro da ultima vez que tive dor de burro...
    HÁ COISAS FANTÁSTICAS NÃO HÁ? :) EHEHEH!!!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sem dúvida. Continua assim Pedro. :) Qualquer dia já nem sabes o que é a "Dor de Burro" :P

      Eliminar
  2. Ultimamente sim que me aparece esta dor abdominal...eu tenho elevado o grau de dificuldade em frequencia da velocidade, por exemplo...quando vou a uma velocidade de 10 a 11 km / hora...tudo bem...aguento bem...mas quando aumento o ritmo para 12 ou mais...em seguida me aparece a dor...tambem sinto quando faço series...mudanças de velocidade etc etc...enfim...ossos do oficio...so espero que com o tempo esta dor desapareça!!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Daniel Cisneiro,

      Antes de mais, muito obrigado pelo envio do comentário.

      É normal que comece a sentir esta dor abdominal nesta fase em que tem aumentado a intensidade do treino.

      Uma vez que o corpo não está habituado a esse novo nível de intensidade, é normal que se "queixe" um pouco através desta dor mais conhecida como "dor de burro".

      No entanto, se continuar a manter essa intensidade, é também normal que, daqui a uns tempos, deixe de sentir essa dor com tanta intensidade e, eventualmente, ela desaparecerá!

      Continuação de bons treinos!!

      Eliminar